ATP e sistemas de energia do corpo

Você pode potencializar a produção de energia através dos sistemas de energia do corpo. Ajustando sua dieta para que fique adequada com seu programa de exercícios seu metabolismo será turbinado para que queime mais gordura e facilite o crescimento muscular.

O trifosfato de adenosina (ATP) é a molécula que leva energia para o corpo. É usada como fonte de combustível pelas fibras musculares para produzir energia.

As principais preocupações no treinamento deveriam ser com a quantidade de energia ATP que o corpo vai precisar, a velocidade com que essa energia vai ser restaurada depois de esgotada e se o organismo apresenta as condições metabólicas necessárias para esse processo.

Ajuste sua dieta para que fique adequada com seu programa de exercícios

Os sistemas de produção de energia que seu corpo irá utilizar durante o treinamento são:


Sistema fosfogenico

Ele usa energia do sistema intramuscular de ATP e fosfato de creatina (CP). É utilizado em atividades físicas de alta intensidade e curta duração e esgota rapidamente.

O ATP precisa ser recarregado através da combinação de oxigênio e nutrientes do alimento.


Sistema glicolítico

A partir dos carboidratos da dieta o sistema glicolítico produz ATP através da quebra de glicose no musculo. É uma fonte de energia menos rápida do que o sistema fosfogenico.

Aquela sensação de queimação e fadiga muscular chamada de (ácido lático) é produzida nesse sistema.


Sistema oxidativo

Também conhecido como ciclo de Krebs ou sistema aeróbio é responsável por produzir quantidades muito grandes de ATP. É um sistema muito importante para atividades aeróbias cardiorrespiratórias. Diferentemente do sistema glicolítico que utiliza carboidratos da dieta, o sistema oxidativo utiliza carboidratos, gorduras e proteínas no ciclo de produção de energia.

Normalmente durante o exercício, o sistema fosfogênico começa a ser utilizado pelo seu corpo gerando exaustão em alguns segundos, caso você continue o exercício, provavelmente o sistema glicolítico assume o controle por apenas alguns poucos minutos, se a intensidade do exercício permitir você continuar a atividade, é provável que seu corpo altere agora para o sistema oxidativo para continuar durante um exercício intenso.

;